Negócio de sucesso

Por Camilla Chevitarese

Enquanto conversava durante um almoço informal sobre o segmento de transporte de cargas, Ely Mendes percebeu que havia uma lacuna no mercado de remoção de máquinas industriais. Foi assim que inaugurou, em 2009, a Reltrans. Localizada no Polo Industrial de Manaus (AM), a empresa se destaca por oferecer soluções em serviços de movimentações de cargas especiais com segurança, agilidade e flexibilidade.

Para chegar a esse resultado, foi preciso apostar em equipamentos de qualidade, como a empilhadeira Hyster de 3,5 toneladas. Segundo Ely Mendes, a escolha em trabalhar com a máquina foi pela qualidade, a robustez e a credibilidade da marca, além da eficiência do serviço prestado pela Sotreq.

Por que decidiu apostar no mercado de remoção de máquinas industriais?

Percebemos que o mercado crescia no Brasil, mas ainda não tinha força no Polo Industrial de Manaus. Encontramos uma oportunidade de negócio, que rende boas parcerias e tem tudo para crescer ainda mais.

Como é o dia dia da empresa?

Atuamos nos segmentos de remoção industrial, transportes especiais e locação de equipamentos. Para isso, contamos com o auxílio de máquinas de qualidade, como a empilhadeira Hyster.

Por que investiram nas máquinas Hyster?

Já conhecíamos o serviço da Sotreq, é uma marca que transmite confiança e qualidade, características que também queríamos passar aos nossos clientes. Os equipamentos Hyster são eficientes e contribuem para a boa produtividade das nossas operações.

O que mais gostam no serviço da Sotreq?

A Sotreq está sempre disposta a nos ajudar. Quando precisamos, a empresa envia um técnico até nós, o que torna o atendimento mais próximo. Sem falar na estrutura de suporte e manutenção, que fazem toda a diferença.

Quais são os próximos passos da Reltrans?

Queremos fortalecer a relação com nossos clientes e conquistar novos parceiros. Além disso, futuramente vamos investir na nossa estrutura e ampliar nossas instalações. Com isso, planejamos novas aquisições de empilhadeiras Hyster.

Para ver a matéria, clique aqui.